• Dra. Marise Tinoco de Souza CRM 52-58210.

Obesidade, preocupação além do COVID-19

Atualizado: Jun 19


Diante da pandemia que estamos vivendo, os pesquisadores alertam para o fato de que, estar acima do peso, é um grande risco para as pessoas infectadas com o novo coronavírus e alguns países, com grande número de obesos, estão se tornando vulneráveis, dizem os epidemiologistas. Nós não estamos fora desses dados. Os brasileiros estão mais obesos e com maior excesso de peso da última década, de acordo com dados divulgados em julho/2019, pelo Ministério da Saúde. O aumento de 67,8% nos índices de obesidade é o maior dos últimos 13 anos, segundo a pesquisa.

Os grandes obesos, principalmente com IMC> 40 kg/m2, ficam mais sujeitos a complicações diante de uma infecção respiratória grave. Essas dificuldades vão desde a intubação, realização de exames e até cuidados pelos profissionais de saúde. Mas o alerta sobre a obesidade não vale apenas para infecções, como a causada pelo COVID, pois a obesidade predispõe outras doenças como diabetes, hipertensão, alguns tipos de câncer, problemas articulares e alterações psicológicas como depressão e ansiedade.

Alguns estudiosos afirmam que o período de quarentena está contribuindo para as pessoas se exercitarem menos e ficarem mais propensas a comer, principalmente carboidratos. Já há quem esteja ganhando peso no isolamento. É um alerta, mas vale dizer, que o ganho de peso pode ocorrer por qualquer outro motivo que leve o indivíduo a comer mais e gastar menos calorias.

O importante então, é que estejamos sempre atentos com a nossa alimentação, procurando alimentos mais saudáveis, fazer algum exercício, regular o sono e procurar minimizar os gatilhos que aumentem a ansiedade para comer.

O tratamento da obesidade inclui mudança de estilo de vida, uso ou não de medicações a às vezes a cirurgia. É um tratamento de longo prazo, por isso necessário comprometimento, principalmente do paciente. É preciso que as pessoas tenham maior entendimento da doença e o cuidado com a saúde deve ir além da perda de peso. O desafio continua com a manutenção do peso perdido, procurando evitar que toda que a problemática por trás da obesidade aconteça.

Procure seu médico, faça exames de controle e cuide bem da sua saúde.

Illustration by MarShot/Shutterstock.com

Site: https://www.israel21c.org/10-advances-in-preventing-understanding-and-treating-obesity/


0 visualização
  • Facebook ícone social
  • Instagram
21190908226493.jpg