Existe diferença entre Doença Celíaca, intolerância ao glúten ou alergia ao trigo?

O glúten é uma proteína presente no trigo, centeio, cevada e no malte. Algumas pessoas quando consumem trigo, podem sentir mal estar e apresentar diarreia, dor e inchaço abdominal, queda de cabelo e alterações no humor. Em quadros severos, passam a ter dificuldade na absorção de nutrientes, podendo ter sintomas ligados à desnutrição. Essas pessoas podem sofrer de Doença Celíaca, intolerância ao glúten ou alergia ao trigo. Mas qual a diferença entre eles?

Doença Celíaca

A Doença Celíaca é uma doença autoimune, que leva a uma reação exagerada do sistema imunológico ao glúten, e pode ter origem genética. Essa doença afeta primeiramente o intestino delgado, diminuindo as vilosidades e causando um processo inflamatório, alterando assim a absorção de vários nutrientes.


Intolerância ao Glúten

A Intolerância ao Glúten também é conhecida por sensibilidade ao glúten não-celíaca. Essa intolerância deve ser pensada, sempre que o médico fizer testes para doença celíaca e de alergia ao trigo, onde ambos forem negativos. Nesse caso, o diagnostico provável é uma sensibilidade ou intolerância ao glúten. Uma explicação para este tipo de intolerância é o alto consumo de trigo e cereais com glúten, o que causaria uma má digestão desse nutriente. Como o glúten é composto de uma mistura de proteínas longas (gliadina e glutenina), elas podem se alojar na parede do intestino, causando desconforto.


Alergia ao Trigo

A Alergia ao Trigo não é a mesma coisa que Doença Celíaca, Intolerância ao Glúten e nem Alergia ao Glúten. A alergia ao trigo é uma reação exagerada, imediata e de curto prazo do sistema imunológico, causada por uma proteína específica presente no grão. Os sintomas são bastante semelhantes a outros sintomas alérgicos como por exemplo, o da rinite e urticária, podendo chegar até a um distúrbio grave no sistema circulatório e falta de ar. A alergia ao trigo é a mais comum hoje em dia. Mas isso não significa que essas pessoas sofram com alergia aos outros produtos que contenham glúten.


Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico se baseia na história clínica e alimentar do paciente, em conjunto com os marcadores sorológicos para a Doença Celíaca, biopsia intestinal e até marcadores genéticos. Em pacientes com clínica importante direcionando para Doença Celíaca e marcadores sorológicos positivos, a biopsia do intestino faz-se necessária para confirmar esse diagnóstico, já que a mudança na alimentação desse paciente, será definitiva.


Testes sorológicos que realizamos no Laboratorio Morales para o diagnóstico da Doença Celíaca ou alergia ao glúten:


- Antigliadina IgA/ IgG

- Antiendomisio IgA/ IgG

- Antitransglutaminase IgA/ IgG

- Pesquisa de IgG para 221 alimentos. Este exame, além de verificar alergia aos alimentos que contenham glúten, sinaliza intolerância a outros alimentos (221 no total).


Procure sempre seu médico para avaliação de mal estar relacionado à sua alimentação. Os alimentos que ingerimos, precisam nos alimentar e nos fortalecer e não ser um inimigo causador de doença ou mal estar.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga-nos
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Square

© 2020 Laboratório Morales Ltda

Cnpj: 29.845.989/0001-16

selo-acreditado2-427x395-89.png

Siga-nos

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle